28 de jul de 2011

PROPAGANDA

Mais do que a propaganda antiga é a lembrança dos carros que tinham família. O Kadett da GM tinha a versão básica S, a mais luxuosa SL, a esportiva GSI, a conversível GSI e a perua Ipanema, era muito bom e vendiam bem, criavam o hábito e o vínculo à marca. Hoje com a ditadura dos sedãs pequenos, médios e grandes e das SUVs enormes não vejo a mínima graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário